top of page

VENDAS EM SUPERMERCADOS CRESCEM NO PRIMEIRO SEMESTRE


O comércio varejista brasileiro, que inclui hiper e supermercados, cresceu em vendas no primeiro semestre de 2023, conforme pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O aumento de 1,3% registrado na Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) nos primeiros seis meses do ano tem grande contribuição dos hiper e supermercados. Considerando apenas as vendas neste setor, o crescimento atingiu 2,6% em junho, com destaque para o mês de abril, que teve alta de 3,6%.

De acordo com Marcos Escudeiro, conselheiro, mentor e pesquisador de varejo, as empresas que têm capacidade de enxergar a movimentação na renda do consumidor, não perdem as oportunidades. “Você adia a compra de uma TV, de uma calça, mas comida é todo dia. Se tem uma crise de renda, é hora de conquistar o consumidor e algumas empresas escolhem perder parte de sua margem para que isso aconteça”, sugere.

Para Paula Sauer, professora de economia da ESPM, o consumo do varejo é muito sensível ao cenário econômico e a esperada queda na taxa dos juros melhora o humor do consumidor. Nesse cenário, segundo a professora, os brasileiros se sentirão motivados a aumentar seu padrão de consumo ou incluir produtos na cesta que foram excluídos em momentos mais delicados. “Não se espera ainda uma queda nos preços dos alimentos aos valores do período pré-pandemia, mas, de uma maneira geral, o brasileiro provavelmente terá uma mesa mais farta até o final do ano”, afirma.


(Fonte: Supervarejo)

Comments


bottom of page