top of page
ADS-ASSOCIADO.png

MINISTRO DIZ QUE NÃO HAVERÁ AUMENTO DE TRIBUTOS SOBRE CARROS ELÉTRICOS FABRICADOS NO BRASIL


O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) disse que o governo brasileiro não pretende aumentar a tributação para carros elétricos fabricados no país.

Segundo Alckmin, também ministro do Desenvolvimento, o Imposto sobre Produtos Industrializado (IPI) Verde, previsto no programa Mover, não vai aumentar a carga tributária dos veículos eletrificados.

“Não tem nenhum aumento de imposto para veículos elétricos no Brasil. O que se discute é um estímulo a descarbonização”. Se eu tenho um veículo muito poluente, ele paga um pouco mais. Se eu tenho um veiculo com baixa emissão de carbono, eu pago menos. Mas não haverá nenhuma tributação sobre carros elétricos fabricados no Brasil", afirmou.


Taxação de importados


Em abril, o Brasil tornou-se o maior mercado de exportação do mundo para carros híbridos e elétricos fabricados na China, ultrapassando a Bélgica. Com pouco mais de 40 mil unidades, as importações brasileiras aumentaram 13 vezes em relação ao mesmo mês do ano passado.

Devido à “invasão” dos elétricos chineses, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) pediu ao governo um aumento imediato para 35% (máximo permitido pelo Mercosul) da tarifa de importação sobre carros elétricos.

A associação argumenta ainda que outros países e blocos, como Estados Unidos e União Europeia, estão adotando medidas restritivas à entrada de carros chineses.

Alckmin disse que vai encaminhar a questão para Câmara de Comércio Exterior (Camex) e que, por acordo, no dia primeiro de julho terá um acréscimo do imposto de importação desses veículos.

“É um pleito deles e vamos analisar na Camex esse pleito” afirmou Alckmin.

 

(Fonte: CNN Brasil/ Foto:Divulgação BYD)

 

Comments


bottom of page