top of page

DIA DAS MÃES: 13,7 MILHÕES DE CONSUMIDORES DEVEM IR ÀS COMPRAS NA ÚLTIMA HORA, APONTAM CNDL/SPC BRASIL


Deixar para fazer as compras para a última hora é um hábito do consumidor brasileiro, mas que pode atrapalhar as finanças. Faltando menos de uma semana para o Dia das Mães, um levantamento da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise, estima que aproximadamente 13,7 milhões de brasileiros devem comprar os presentes em cima da hora, ou seja, nestes dias que antecedem a data.

De acordo com o levantamento, 48% dos consumidores pretendem comprar o(s) presente(s) na primeira semana de maio e 25% no mês de abril, enquanto 11% comprarão apenas nas vésperas do Dia das Mães (principalmente as classes C/D/E), o que representa 13,7 milhões de consumidores. No total, a data deve levar 128 milhões de brasileiros às compras, com uma movimentação de R$ 40,21 bilhões no comércio e serviços.

O presidente da CNDL, José César da Costa, alerta para a importância de o consumidor manter o planejamento dos gastos mesmo às vésperas da data.

“Com o velho hábito do brasileiro de deixar tudo para a última hora, os próximos dias prometem ser de lojas cheias no comércio de rua e nos shopping centers. E na correria para garantir os presentes, muitas pessoas acabam recorrendo ao parcelamento de forma impensada ou compram o produto na primeira loja que visitam. O recomendado é estabelecer um limite para os gastos e sair de casa com o dinheiro contado. Isso ajuda a evitar que o consumidor gaste além do valor previsto”, afirma.


(Fonte: CNDL/Foto: Pexels)

Comments


bottom of page