top of page

CONSUMIDORES BRASILEIROS PREFEREM FAZER COMPRAS DE NATAL EM LOJAS FÍSICAS, E PAGAMENTOS À VISTA


Mais da metade dos consumidores terá preferência por comprar em lojas físicas; cerca de 57% desse público buscará no comércio tradicional para fazer suas compras de Natal. O levantamento foi realizado pela plataforma TIM Ads, ferramenta para levantamentos rápidos a partir da base de 38,9 milhões de clientes de planos pré-pago da operadora, mostrando que o consumidor não quer abrir mão da experiência de compra presencial.

O estudo foi realizado com mais de 88 mil pessoas, que foram questionadas sobre a forma de pagamento de sua preferência. A maioria afirmou que pretende pagar os presentes à vista, sendo que 46% mencionaram a utilização do Pix, enquanto 34% optarão por dinheiro vivo, garantindo assim uma transição sem preocupações para o Ano Novo.

Um total de 75% afirmou que planeja presentear até cinco pessoas. O núcleo mais próximo será o que mais receberá presentes, com filhos no topo da lista, representando 35% das respostas, seguidos por pai e mãe (30%) como os principais destinatários. As roupas e calçados lideram a lista de preferências (59%), seguidos por brinquedos (17%) e eletrônicos (15%).


Itens de preferência


De acordo com uma pesquisa conduzida pela MField, uma empresa especializada em marketing de influência, a análise das principais listas de desejos para o Natal revela uma clara preferência por moda e acessórios, que representam 42,1% das escolhas. Em seguida, nota-se a presença de cosméticos com 27,5%, calçados com 26,1%, e brinquedos com 25,6%. Além disso, outras categorias também se destacam, como eletrônicos (18,5%), celulares (6,9%) e turismo e viagens (6,8%).

“O nosso objetivo com a pesquisa é principalmente mostrar como os formatos tradicionais de impulsionamento de vendas estão se transformando. Os influenciadores assumiram um papel importante durante as datas sazonais, e as marcas estão cada vez mais não só na propriedade desses nomes, como também em formatos fora do tradicional”, afirma Flávio Santos, CEO da MField.

O estudo contou com a participação ativa de mais de 1.700 respondentes, sendo a maioria do sexo feminino e representando mais de 50% dos participantes. Adicionalmente, a faixa etária mais representativa na pesquisa situou-se entre 25 e 35 anos, e a maior parte dos participantes residia na região Sudeste do País, totalizando 49,18%.

 (Fonte: Site Mercado e Consumo/Foto: Pexels)

bottom of page