Banner site


Carlinhos Maia apresenta show de humor 'Mas, Carlos!' pela primeira vez no AP    Michele Maycoth interpreta sucessos de Maria Gadú em noite romântica no AP    Exposição 'Minha Aldeia' reúne fotografias inspiradas no cotidiano amapaense    Peça teatral amapaense vai narrar acontecimentos 19 anos depois do último livro de Harry Potter    Levantamento do G1 mostra variação de preço nas opções de transporte em Divinópolis; confira    Show de humor em Macapá leva histórias de ribeirinhos da Amazônia para o teatro    Sem dinheiro, venezuelanos acampam às margens de rodovia na fronteira do Brasil: 'aqui pelo menos temos comida'    Barracas de apoio aos romeiros começam a funcionar nesta sexta na BR-365 em Patos de Minas    Quilo do Pirarucu é vendido em Rondônia por R$ 9,36 no valor médio    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 24 de julho    Com surto na região Norte, campanha contra o sarampo no AP começa em agosto    Polícia Civil de Juiz de Fora recebe denúncia de mais uma empresa que teve contêineres desviados    Segunda edição do ‘Encontro de Bateristas do Triângulo’ é nesta terça-feira em Uberlândia    Comissariado do AP fiscaliza embarque de menores para o Festival do Camarão no PA    Ceará tem 66 municípios com emergência reconhecida pelo Governo Federal    Laudo aponta praias impróprias para banho durante as férias em São Luís    Bombeiros combatem vários focos de incêndio no Distrito Industrial em Uberlândia; veja vídeo    Municípios de Rondônia se preparam para extinguir lixões a céu aberto    Ingressos para Campanha de Popularização Teatro e Dança de Juiz de Fora começam a ser vendidos    MPCE apura se há irregularidade em festa com concurso de 'saia mais curta'    Um ano após anúncio, videomonitoramento no Parque do Sabiá em Uberlândia segue sem conclusão    Mulher presa com droga na vagina em Macapá é solta após audiência de custódia    Corpo é encontrado em Araújos, MG    Guinness Book registra maior orquestra de viola do mundo durante evento em Uberlândia    Umidade relativa do ar pode chegar a 20% em cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba    'Filme de terror', diz policial que resgatou animais abandonados em casa no Ceará    Céu nublado marca início da semana em cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes    Previsão é de névoa seca e céu nublado durante a semana no Centro-Oeste de MG    Rompimento de barreira no Rio Araguari causa problemas ambientais em Uberlândia    Prefeitos da região Centro-Oeste de MG se reúnem em Divinópolis para debater atraso no pagamento do Fundeb    Padre é atropelado por motorista embriagado perto de igreja em Juiz de Fora    Procon suspende atendimentos nesta terça e quarta para mudança de endereço em Araxá    Homem persegue esposa com facão após vítima voltar de festa familiar em RO    Quase dois anos após matar grávida e roubar bebê em Ituiutaba, quatro acusados aguardam julgamento    Homem é preso pela Polícia Civil por suspeita de envolvimento com roubos em Muriaé e região    10 mil pessoas foram indenizadas por invalidez após acidente de trânsito em 2018 no Ceará    Quatro pessoas são presas por tráfico de drogas em Porto Velho    Criminosos arrombam agência bancária em Uberaba e furtam dinheiro    Sine de Ji-Paraná oferta 16 vagas de emprego nesta segunda-feira, 23    Condutor de carro morre após bater em árvore na MG-285 em Piraúba

46% DOS INADIMPLENTES NÃO ACREDITAM QUE VÃO CONSEGUIR PAGAR DÍVIDA NOS PRÓXIMOS TRÊS MESES, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

O Brasil saiu da recessão, mas os efeitos da crise seguem impactando o bolso do cidadão brasileiro. Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apenas com consumidores inadimplentes mostra que 46% dos que estão com contas em atraso não acreditam que terão condições financeiras de pagar o que devem pelos próximos três meses. O percentual se manteve estável na comparação com 2017, quando foi de 48%. De forma contrária, 49% dos inadimplentes confiam que vão conseguir regularizar a situação, sendo que 36% planejam quitar todo o valor e 13% apenas parte dele.

Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, os dados reforçam a percepção de que após um ano, as pessoas seguem em dificuldades financeiras, mesmo com alguns sinais tímidos de melhora da economia. “O ritmo atual de retomada está longe de produzir efeitos benéficos diretamente na vida de muitas pessoas, que veem as dívidas se acumulando e enfrentam dificuldades para honrar compromissos assumidos. Embora a inflação permaneça controlada e a taxa básica de juros esteja em seu menor nível histórico, o grande número de pessoas sem emprego prova que os reflexos da crise ainda se fazem presentes do dia a dia de milhões de brasileiros”, explica o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior.

O estudo mostra que o valor médio da soma de todas as pendências do brasileiro é de R$ 2.615,98, sendo ainda maior quando considerada a parcela masculina de entrevistados (R$ 2.934,34) e as pessoas das classes A e B (R$ 3.718,48). Entre os brasileiros com renda familiar de até cinco salários mínimos, a dívida média é de R$ 2.530,96, aponta a pesquisa. Há ainda 14% de inadimplentes que nem sabem o quanto devem.

Renda insuficiente e desemprego são principais dificuldades para quitar dívidas; dos que têm esperança de sair da lista de devedores, 37% pretendem renegociar

Indagados sobre a principal dificuldade para conseguir pagar as dívidas atrasadas, a maior parte (36%) alega possuir uma renda insuficiente. O desemprego aparece em segundo lugar com 27% de menções, enquanto 15% justificam que a dívida é muito superior aos seus ganhos, o que inviabiliza o pagamento. Há ainda 9% de inadimplentes que não conseguem abrir mão de gastos com os quais estão acostumados.

Entre aqueles que têm a esperança de sair da lista de inadimplentes, a renegociação com o credor será a principal estratégia. Em cada dez entrevistados, quatro (37%) pretendem realizar um acordo com a empresa e parcelar o débito, enquanto 19% farão cortes nos gastos e 18% recorrerão a bicos para gerar renda extra. Ao mesmo tempo, considerando aqueles que pretendem economizar para quitar as dívidas em atraso, as principais áreas de corte serão o lazer (34%), aquisição de roupas e calçados (32%), idas ao salão de beleza (30%), alimentação fora de casa (29%) e compra de produtos de beleza (25%).

“Por mais elevada que esteja a dívida, o consumidor só irá resolver a questão se houver disposição para encarar o problema e buscar soluções. O melhor caminho é se planejar, negociar, dialogar com o credor e procurar prazos e condições de pagamento realistas que caibam no orçamento mensal. Além disso, é preciso readequar a sua realidade financeira, contingenciando gastos para conseguir cumprir o novo acordo”, orienta o educador financeiro do portal ‘Meu Bolso Feliz’, José Vignoli.

38% dos inadimplentes estão devendo empréstimos para amigos ou parentes; dívidas que mais geram ‘nome sujo’ são crediário e cartão de crédito

O levantamento da CNDL e do SPC Brasil também identificou que os empréstimos contraídos com amigos e parentes é o tipo de dívida em atraso mais frequente do brasileiro inadimplente, com 38% de menções. Em seguida, aparecem as faturas do cartão de crédito (20%), crediários no comércio (20%) e o cheque especial, que saltou de 8% em 2017 para 20% neste ano.

Com o passar do tempo e as dívidas se acumulando, aumentam também a chance de que as contas atrasadas resultem na inclusão do nome do consumidor em cadastros de restrição ao crédito. Nesse caso, a pesquisa descobriu que os compromissos não quitados que mais resultaram na negativação do CPF são, principalmente, o crediário (65%), o cartão de crédito ou de loja (63%) e o empréstimo pessoal feito em bancos e financeiras (61%).

Em média, as contas atrasadas há mais tempo são o empréstimo pessoal (34 meses), empréstimo consignado (27 meses) e o cheque especial (24 meses). Já a lista de produtos ou serviços comprados no crédito que mais resultaram na inadimplência é liderada pela roupas, calçados e acessórios, que somam 42% de citações. As compras no supermercado (20%) e a aquisição de eletrônicos (20%), smartphones (15%) e eletrodomésticos (15%) completam o ranking.

Outra constatação é que na hora de gerir o orçamento, o consumidor inadimplente procura não atrasar o pagamento de contas consideradas essenciais. Nesses casos, os principais compromissos financeiros que os entrevistados possuem e que não estão atrasados são plano de saúde (89%), condomínio (86%), aluguel (82%), despesa de água e luz (79%) e TV por assinatura e internet (75%). “A iminência de corte de serviços de necessidade básica quando há atraso no pagamento pode ser um motivo para que essas contas tenham menor percentual de atraso em relação às dívidas bancárias. Como a pessoa não tem como pagar tudo, ela elege prioridades como o aluguel e o plano de saúde, por exemplo”, afirma o presidente da CNDL, José Cesar da Costa.

32% dos inadimplentes são reincidentes; 22% dos que atrasam contas compraram recentemente mesmo sabendo que seria difícil pagar

Embora muitos consumidores mencionem as condições ruins da economia na hora de justificar suas dificuldades financeiras, a pesquisa indica que o consumo por impulso e a falta de planejamento também são fatores que contribuem para a inadimplência. Em cada dez pessoas com contas em atraso, duas (22%) fizeram alguma compra nos últimos três meses mesmo estando conscientes de que seria difícil ou não conseguiriam pagá-la.  Além disso, a reincidência é um comportamento frequente entre o inadimplente brasileiro. Quase um terço (32%) das pessoas que devem no país já estiveram negativados duas vezes ou mais nos últimos cinco anos, sendo que 18% foram negativadas em duas oportunidades e 6% mais de três vezes.

De modo geral, o raio-x da inadimplência no pais, mostra que de cada dez consumidores inadimplentes, seis (58%) são mulheres e quatro (42%) são homens. A média de idade dessas pessoas é de 36 anos e a maior parte (59%) possui o segundo grau completo ou incompleto. Quase a totalidade dos que estão com contas em atraso possui renda familiar de até cinco salários mínimos (93%) e divide a casa com mais três pessoas, em média. A maioria dessas pessoas reside nas regiões sudeste (46%) e nordeste (24%).

Metodologia

A pesquisa ouviu 609 consumidores que possuem contas em atraso há mais de 90 dias em todas as capitais do país, de ambos os gêneros, acima de 18 anos e de todas as classes sociais. A margem de erro é de no máximo 3,97 pp a uma margem de confiança de 95%. Baixe a íntegra da pesquisa em  https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas

(Fonte: SPC Brasil)

0
0
0
s2smodern

NOTÍCIAS

Mais Lidas

CDL PARTICIPA DE ENCONTRO COM PRESIDENCIÁVEL

on 08 Julho 2018
CDL PARTICIPA DE ENCONTRO COM PRESIDENCIÁVEL

O diretor Comercial da CDL São Luís, Marcelo Rezende, representou a entidade no evento que recebeu o pré-candidato do partido NOVO à presidência da República, João Amoêdo, na última terça-feira...

CDL CONVOCA LOJISTAS PARA REUNIÃO

on 08 Julho 2018
CDL CONVOCA LOJISTAS PARA REUNIÃO

A CDL São Luís realiza na próxima segunda-feira (25), às 18h30, uma reunião com proprietários e representantes de empresas instaladas na segunda quadra da Rua Grande. O encontro terá a...

ESOCIAL: PUBLICADA NOVA VERSÃO DO MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA O EMPREGADOR E DESENVOLVEDOR

on 08 Julho 2018
ESOCIAL: PUBLICADA NOVA VERSÃO DO MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA O EMPREGADOR E DESENVOLVEDOR

A CAIXA publicou a nova versão do Manual do Empregador e do Desenvolvedor (v.3.0). O manual tem por objetivo apresentar a nova solução sistêmica e operacional para a consulta e...

62% DOS BRASILEIROS DEVEM IR ÀS COMPRAS NO DIA DOS NAMORADOS, PROJETAM SPC BRASIL E CNDL

on 08 Julho 2018
62% DOS BRASILEIROS DEVEM IR ÀS COMPRAS NO DIA DOS NAMORADOS, PROJETAM SPC BRASIL E CNDL

Importante data do calendário lojista, o Dia dos Namorados deve levar 62% dos brasileiros às compras. A partir de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil)...

VENDAS A PRAZO NO DIA DOS PAIS SE MANTÊM ESTÁVEL, COM VARIAÇÃO DE -0,10% EM RELAÇÃO A 2017, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

on 15 Agosto 2018
VENDAS A PRAZO NO DIA DOS PAIS SE MANTÊM ESTÁVEL, COM VARIAÇÃO DE -0,10% EM RELAÇÃO A 2017, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

As vendas a prazo no Dia dos Pais se mantiveram estável, com variação de -0,10% na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que apontam os dados...

NA INTERNET, NEM TUDO É O QUE PARECE SER

on 15 Agosto 2018
NA INTERNET, NEM TUDO É O QUE PARECE SER

Para enganar usuários, são construídas muitas páginas idênticas ou parecidas com as de sites de marcas tradicionais, plataformas de venda e serviços online e portais de notícias reconhecidos. O site...

PLENÁRIA DA CDL ABORDOU CONCILIAÇÃO

on 16 Agosto 2018
PLENÁRIA DA CDL ABORDOU CONCILIAÇÃO

A Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL) recebeu nesta quarta-feira (15), o juiz Alexandre Abreu, do Núcleo de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA),...

ENTIDADES EMPRESARIAIS VÃO OUVIR CANDIDATOS AO GOVERNO DO MARANHÃO

on 24 Agosto 2018
ENTIDADES EMPRESARIAIS VÃO OUVIR CANDIDATOS AO GOVERNO DO MARANHÃO

  Entidades empresariais representativas do comércio, serviços, turismo, indústria e agricultura do Maranhão vão receber os postulantes ao governo estadual, no Encontro da Classe Empresarial com os Candidatos a Governador,...

PARA EMPRESÁRIOS, REDUÇÃO DE IMPOSTOS E JUROS DEVE SER PRIORIDADE DO PRÓXIMO GOVERNO, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

on 28 Agosto 2018
PARA EMPRESÁRIOS, REDUÇÃO DE IMPOSTOS E JUROS DEVE SER PRIORIDADE DO PRÓXIMO GOVERNO, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

Os empresários dos setores de varejo e serviços estão otimistas com a economia para 2019, quando o país terá um novo presidente. Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes...

46% DOS INADIMPLENTES NÃO ACREDITAM QUE VÃO CONSEGUIR PAGAR DÍVIDA NOS PRÓXIMOS TRÊS MESES, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

on 29 Agosto 2018
46% DOS INADIMPLENTES NÃO ACREDITAM QUE VÃO CONSEGUIR PAGAR DÍVIDA NOS PRÓXIMOS TRÊS MESES, APONTAM CNDL/SPC BRASIL

O Brasil saiu da recessão, mas os efeitos da crise seguem impactando o bolso do cidadão brasileiro. Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço...

EMPRESÁRIOS OUVEM CANDIDATOS AO GOVERNO

on 06 Setembro 2018
EMPRESÁRIOS OUVEM CANDIDATOS AO GOVERNO

As entidades empresariais do comércio de bens, serviços, turismo e indústria do Maranhão realizaram nesta terça-feira (4), o Encontro Empresarial com os Candidatos a Governador do Maranhão. O evento, que...

EM JULHO, 19% DOS BRASILEIROS TIVERAM CRÉDITO NEGADO AO TENTAREM COMPRAR A PRAZO

on 10 Setembro 2018
EM JULHO, 19% DOS BRASILEIROS TIVERAM CRÉDITO NEGADO AO TENTAREM COMPRAR A PRAZO

Em meio ao cenário de alta da inadimplência e de desemprego elevado, o consumidor brasileiro tem encontrado dificuldades para comprar a prazo. Dados do Indicador de Uso do Crédito apurado...