História

Foi em 1965 que o comércio lojista de São Luís começou a escrever uma nova história, a partir das ideias de organização em torno de uma entidade representativa que defendesse seus interesses.

Seguindo o exemplo de outros estados brasileiros, empresários motivados e conscientes da importância que o comércio tem na economia do município decidiram pela fundação do então Clube de Diretores Lojistas de São Luís, que teve sua primeira reunião em 28 de fevereiro de 1965, sob o comando de Francisco Guimarães e Souza, que era também presidente da Federação do Comércio do Maranhão.

O pioneirismo de fundação do CDL coube a 22 empresários que imediatamente regulamentaram a instituição, elegendo em 19 de março de 1965 a primeira diretoria, composta pelos associados:

Francisco Guimarães e Souza – Presidente

Lubenílton Silva Menezes – Vice presidente executivo

Benedito Murad – Vice presidente de Relações Públicas

Giovane Barros – Primeiro Secretário

José Ribamar Maciel – Segundo Secretário

José Arteiro da Silva – Tesoureiro

Carlos Martins – Diretor Social

Superando dificuldades, o grupo aos poucos foi colecionando conquistas como o aumento do quadro social e a grande credibilidade junto à comunidade, ao poder público e, especialmente entre a classe empresarial.

O incremento nas atividades do CDL pode ser sentido pelos muitos endereços que a entidade ocupou, sempre buscando novos espaços para acomodar seus sócios e funcionários.

1968 foi um marco na história do Clube de Diretores Lojistas com a inauguração do Serviço de Proteção ao Crédito, voltado para atender ao lojista oferecendo-lhe segurança nas vendas feitas a crediário, preservando também o cliente.

O SPC mudou as características das relações comerciais efetuadas até então em São Luís e fez crescer o interesse do lojista em filiar-se ao CDL.

Modernização

O SPC foi o serviço que mais cresceu em todo o tempo de existência do CDL , exigindo estrutura física adequada, aumento do quadro de funcionários e a permanente atualização técnica do sistema, que desde 2002 integra o SPC Brasil, o maior banco de dados sobre crédito da América Latina.

Sede própria

Depois de migrar por muitos endereços no centro de São Luís o CDL se acomodou definitivamente num casarão histórico da Praia Grande que foi em séculos anteriores o coração comercial da cidade. Nada mais apropriado!

Seria injusto falar da sede do CDL sem registrar o empenho do presidente Carlos Gaspar em cuja gestão se deu a aquisição do espaço próprio da mais importante entidade empresarial dos lojistas da cidade.Outro registro fundamental é ao trabalho do presidente Haroldo Cavalcanti Júnior que coordenou a mais ampla reforma do prédio, resultando na sua estrutura atual.

Movimento lojista maranhense

Os exemplos de atuação do CDL motivaram a criação no Maranhão de outros Clubes de Diretores Lojistas num expressivo processo de interiorização do movimento lojista que hoje conta com representações em 18 municípios.

O fortalecimento do associativismo, a oferta de novos serviços e qualidade máxima no atendimento prioritário às demandas da categoria têm sido as grandes bandeiras de luta da entidade que hoje se chama Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís.

Foi na Convenção Nacional, a 35ª, realizada em Goiânia no ano de 1994, que ficou determinada a mudança do nome de Clube de Diretores Lojistas para Câmara de Dirigentes Lojistas com o objetivo de dar ao Movimento Lojista Nacional uma conotação mais empresarial. Neste mesmo ano, CNDL passou a significar Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas.

A mudança de nome, porém, não influiu na força que a entidade conquista a cada dia oferecendo novos serviços, atuando junto ao poder público discutindo projetos e alternativas de soluções para problemas comuns, desenvolvendo ações sociais, assessorando o associado e promovendo eventos que motivam o desenvolvimento da atividade comercial.

São 48 anos de uma história feita de dedicação à causa lojista, cuja construção cabe a empresários abnegados e conscientes sempre atentos à transformações. Uma história em que muitos presidentes já deixaram sua marca, sucedendo-se no comando da entidade Francisco Guimarães e Souza, Antonio Neves da Costa, Zildêni Falcão Oliveira, Haroldo Corrêa Cavalcanti, Manoel Alves Ferreira, José da Costa Oliveira, Genival Caetano de Aquino, Afonso Manoel Borges Ferreira, Júlio César Teixeira Noronha, Sandra Frota Albuquerque de Castro e Costa, Haroldo Cavalcanti Júnior, Alberto Nogueira da Cruz , Maria do Socorro Teixeira Noronha e Fábio Henrique Reis Ribeiro que está na presidência atualmente.

Consulta SPC Online

Negocie suas dívidas

2ª Via de Boleto

Certificado Digital

Emissor NFC-e

Relatório de Gestão 2016

Patrimônio Digital

Enquete

Você usa a internet em busca de clientes?

Sim - 80%
Não - 13.3%
Não sei - 6.7%